Google+ Followers

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Paciência para esperar o quê?




Qual a razão que o mundo está assim?
A realidade dói em nossas almas;
Pessoas perdidas com o rosto em lágrimas;
Morrem na desilusão de que tudo mudará
(...)
E olhando para o que acontece você pode ver,
Pode ver que estamos chegando realmente ao caos.
Sem mais chances de sobreviver, sem mais esperança;
Só não vê a realidade quem não quer.

Olhe pra mim meu amigo que eu vou te dizer,
Neste mundo não há nada que possa te alegrar;
Nenhuma coisa sequer que te possa fazer erguer a cabeça e dizer como é bom viver
Mas eu te indico meu irmão pra uma esperança
Alguém que pode nos fazer viver, nos fazer sorrir;
Nos dar uma vida melhor, num mundo ideal.
Vida eterna, sem corrupção, desigualdade social
Onde todos seremos iguais, sem mais preconceitos.

(Onlyway)



     Você tem esperado pelo o que na sua vida? Ah! Eu estou esperando as notas do semestre saírem pra ver se eu passei em todas as matérias. Ah! Eu tô esperando o décimo terceiro sair para eu comprar umas roupas! Esses são alguns exemplos que nos cercam no dia-a-dia. Não há nada de errado em esperar essas coisas, pois fazem parte da nossa vida (pelo menos daqueles que estudam e trabalham neh). Esses foram exemplos simples onde esperamos por algo. Algo que até certo ponto não nos faz mal a não ser uma ansiedade aqui ou ali. Mas vamos partir para um nível acima! Para algo que nos desgasta!
     Estou desempregado e estou aguardando um emprego urgente! Estou solteiro há tanto tempo, preciso urgentemente de alguém do meu lado! Estou aguardando aquela pessoa que eu amo sair do hospital! Você já passou por algum desses exemplos? Eu digo que já vivi um pouco de cada um e olha, realmente desgasta, principalmente o último. Porque eu trouxe todos esses exemplos? Para fazer um contraste com algumas coisas que poucos tem esperado nos dias de hoje: o resultado de se anunciar a verdadeira palavra aqueles que nunca ouviram! Ou como se sentirão aqueles que poderão sentir pela primeira vez, a verdadeira paz onde antes viviam em um inferno!
     E essa música hoje? Porque o mundo prega que não há mais esperança, que seja cada um por si. Vamos viver e aproveitar ao máximo, uhulll!!!. Tudo isso é uma grande falácia. Se é pra nos sentirmos desgastados, angustiados e aflitos, que seja por não estarmos fazendo nada por essas vidas que o anjo caído vai ceifando dia-a-dia. Se vamos ser constrangidos por esperar por algo, que seja por conhecer a Cristo e não leva-lo as pessoas próximas que nós amamos.
     Paulo nos ensina que não devemos ficar desanimados, mesmo que possamos chegar ao ponto de achar que não podemos seguir mais em frente. (Por isso nunca ficamos desanimados. Mesmo que o nosso corpo vá se gastando, o nosso espírito vai se renovando dia a dia. E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior do que o sofrimento. Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se vêem, mas nas que não se vêem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre. II Corintios 4: 16-18). O espírito Santo de Deus nos renova a cada dia quando nos colocamos em sua presença. E todo sofrimento vai valer a pena, pois o que esperamos não podemos ver, não podemos tocar. É algo divino, é algo que somente Jesus pode nos conceder. E não falo somente da vida eterna, da paz perpétua, mas falo também da transformação na vida daqueles que você entra em contato. Lembra do fulaninho que você pregou, falou de Jesus, orou com ele e não viu muita mudança ou não via nenhuma? Então, é disso que eu estou falando, da restauração que aquela pessoa está por receber e que vai durar para sempre, pois uma vez em contato com presença divina, ahhh meu amigo, é para sempre!!!
     Mas o que fazer? como? O que você deve fazer é apenas indicar o caminho e caminhar com essa pessoa, pois o pouco conhecimento ás vezes que você tem de Jesus, já é o suficiente para aquele que não tem nada, pois o que é meio copo de água para quem não tem nada de beber? Então não há desculpa nenhuma para não caminhar.
    O maior perigo, e é o que ocorre com muita frequência, é nos tornarmos imediatalistas. Falamos, andamos e oramos uma semana, um mês com a pessoa e já queremos ver os resultados. NÃO! O resultado final não podemos ver, mas quando chegar a hora certa ele simplesmente virá, e muitas vezes de surpresa. O que podemos ver são os resultados que o mundo traz, esse sim conseguimos ver, e muitas vezes quando os vemos, é porque já é tarde demais. Faça um teste, pergunte a uma pessoa, qualquer uma, pra ela lhe dizer em qual contexto ela está inserida, para onde o mundo ou a humanidade ela acha que está caminhando e se ela já teve vontade de morrer algum dia. Creio que se ela responder que sim para a ultima pergunta, fica difícil entender que foi bom viver.
     Então amigos, vamos nos preocupar mais com aquilo que não vemos. A fé nos conduzirá para esse alvo. Se está faltando fé peça a Deus que Ele irá aumentar a sua. Pois se esperamos aquilo que não vemos, isso sim esperamos com paciência. Como pode não haver angústia e haver paciência quando esperamos por aquilo que vemos? Ou podemos ser totalmente pacientes e sem angústia quando vemos alguém amado no leito do hospital? Tantos empregos e nenhum que se encaixe para nós e as contas vencendo? Ou gostando daquela garota e ela não dando moral para você? (Pois foi por meio da esperança que fomos salvos. Mas, se já estamos vendo aquilo que esperamos, então isso não é mais uma esperança. Pois quem é que fica esperando por alguma coisa que está vendo? Porém, se estamos esperando alguma coisa que ainda não podemos ver, então esperamos com paciência. Romano 8:24 e 25).